quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Depois da Tempestade veio a Bonança... e agora?

Ontem em Donestk, não fizemos um grande jogo, mas fomos unidos e guerreiros.

Tivemos a sorte do jogo, mas nunca a desistimos de procurar também.

Foi mais luta e união, do que futebol, aquilo que deixamos no Dunbass Arena.

E agora impõe a questão... e agora?

Agora, não mudou muito, mas talvez tenha mudado a noção que o abismo estava mesmo ali ao lado, essencialmente para o treinador e jogadores.

Ontem vi as "veias" do Vítor Pereira, bem expressas na cara, tal não era a raiva por certas falhas... Vi um Vítor Pereira a pular e a lutar pela sua vida do dragão e pelo seu trabalho e a fazer com isso, os seus pupilos lutarem.

Tenho a certeza, que quando o C. Rodriguez, Souza e o Varela, entraram em campo, estavam contagiados pela energia que o seu treinador colocou no banco.



Ora bem, não é preciso ser-se assim para se ser treinador, mas quando a equipa vinha apresentado momentos de letargia completos, dá muito jeito... será que Vítor Pereira encontrou a forma dos jogadores o respeitarem e cumprirem o modelo de jogo por ele definido?

Isso iremos ver no Domingo no Dragão... depois da tempestade veio a Bonança, depois da Bonança vem o Braga e aì temos que provar que a união de Donestk, não foi somente por estar um frio do caneco, e jogar a -7º dá uma vontade louca de correr.

Nota Final:
Mais uma vez, é uma vergonha completa os jornais Record e abola, o o Rascord e abolha, como são mais conhecidos na comunidade portista.

O destaque de página que dão hoje, depois do Porto ter tido aquela batalha tremenda na Ucrânia, é de um nível deplorável. Mas tenho a certeza, que se tivéssemos perdido, a capa já estava pronta para nós.

É por este tipo de coisas, que nenhum portista deveria nunca comprar esses pedaços de papel higiénico para gatos.

4 comentários:

  1. Boas!

    Devo dizer que gosto imenso deste blogue!

    Podem adicionar os meus aos vossos links? Eu prometo que retribuo :p

    http://davidjosepereira.blogspot.com/

    Saudosos cumprimentos!

    ResponderEliminar
  2. Eu acredito que a partir de agora, será sempre a subir, com mais ou menores dificuldades.
    Porto sempre.

    ResponderEliminar
  3. Espero bem que sim.

    Pode ter sido o grito de revolta da equipa!

    ResponderEliminar